BrasãoCâmara Municipal
Poços de Caldas

Menu por migalhas

Você está em: Página inicial > Comunicação > Notícias

Notícias

08/06/2018

Audiência discute Bullying e Violência Escolar

Encontro foi proposto pelo vereador Gustavo Bonafé

A Câmara de Poços realizou, na última quarta-feira (06), uma audiência pública com o tema “Bullying e Violência Escolar: o que acontece na infância não fica na infância”. O encontro foi proposto pelo vereador Gustavo Bonafé (PSDB), através de requerimento aprovado em plenário, e contou com a presença da secretária municipal de Educação Flávia Vivaldi e da psicóloga Tatiana Barbosa, professora da Faculdade Pitágoras.

Os objetivos principais da audiência foram debater sobre legislações vigentes, ampliar a atenção e atuação de atores públicos, privados e sociais quanto à importância do tema e levantar ideias e ações para prevenção e combate ao preconceito, discriminação e intolerância. Durante o evento, o público pôde esclarecer dúvidas, como por exemplo as formas de percepção de manifestações de Bullying na educação infantil, e apresentar sugestões de avanços nessa área.

A psicóloga Tatiana Barbosa, durante sua apresentação, falou sobre a manifestação do Bullying e o que, realmente, caracteriza essa prática. Além disso, pontuou algumas questões referentes à violência escolar e suas consequências emocionais, psicológicas e físicas. “A violência escolar está sendo muito estudada hoje, principalmente no Brasil a partir da década de 90, pois existem muitas demandas. E o Bullying vem muito mais de uma demanda do exterior, na verdade da América, mas que hoje já começa a ter seus reflexos aqui no Brasil. Então, a discussão do Bullying é importante, mas da violência escolar também, porque ela está, às vezes, muito mais presente, como a violência física, verbal, entre pares, a institucional e patrimonial. O Bullying vem como consequência de não se tratar essas violências que o antecedem”, enfatizou.

Segundo Tatiana, atualmente, são estudadas políticas públicas de inserção, como o estudo de disciplinas que trabalham a educação para a paz e resoluções de conflitos. “Na verdade, são questões de conflitos entre pares, de modos de convivência, que são resolvidos pelo físico e não pelo verbal, pelo diálogo. Então, é preciso um trabalho preventivo, tanto com relação à matriz curricular, como também a psicologia estar dentro da escola. Verbalizações e conceitos eles já têm, todos sabem o que é Bullying, mas somente quando trabalham com dinâmicas de sensibilização é que sentem na pele e acabam refletindo e pensando antes de fazer”, afirmou.

Sobre o trabalho que vem sendo feito no município, a secretária de Educação falou da implantação do Plano de Convivência nas unidades de ensino. “A Secretaria tem investido muito, em um primeiro momento, no processo de formação. Isso porque, especificamente sobre o tema, eu preciso primeiro saber o que é o fenômeno para depois propor ações efetivas dentro da unidade. Então, fizemos isso de forma ampla no ano passado, com temáticas que inclusive permeiam esse fenômeno Bullying. Agora, para o segundo semestre, vamos oferecer um cursos de extensão, porque a nossa ideia é montar mesmo nas escolas o Plano de Convivência, para que ele faça parte do currículo da rede municipal”, disse,

Flávia destacou, ainda, que o Plano de Convivência contém ações de combate a qualquer tipo de violência dentro das escolas, “Pela experiência que a gente vem desenvolvendo fora de Poços, as equipes de ajuda são ferramentas que podemos usar, que é o envolvimento dos alunos como protagonistas também nesse processo. Os debates, com certeza, contribuem muito. Isso precisa acontecer de forma sistematizada, não pode acontecer só uma vez, uma vez que o público ainda é pequeno para uma temática tão importante. É um processo de educação da sociedade como um todo, de se envolver com um assunto que não é só de responsabilidade da escola. Momentos como esse são fundamentais e o que a gente precisa é potencializar e sistematizar, ter outros recortes, porque quanto mais pessoas, mais conhecimento e mais possibilidades de intervir”.

Para o vereador Gustavo Bonafé, um dos pontos positivos da audiência foi o conteúdo debatido. “Destaco a alta profundidade do conteúdo, fazendo uma definição específica sobre o que realmente é Bullying, sobre os diferentes tipos de violência que podem ser praticados dentro do ambiente escolar e quais os tipos de violência que podem se propagados a partir dessa vivência. Também, uma definição muito específica e clara sobre os atores, os diferentes perfis de vítimas e agressores, além de toda conjuntura sistemática dentro desse tema que foi abordado”, ressaltou,

Com relação aos encaminhamentos, o parlamentar citou, além do Plano de Convivência, a possibilidade de revisão da Lei Municipal que trata do tema, a elaboração de um projeto para fomento da cultura e da paz nas escolas e a produção de conteúdos periódicos com temas dentro do universo do Bullying, que poderão ser disponibilizados para educadores, alunos, pais e familiares, inclusive pelos meios virtuais.

O vídeo da audiência está disponível para consulta nos endereços www.pocosdecaldas.mg.leg.br e www.youtube.com/camarapocos.

Outras notícias

Câmara Municipal de Poços de Caldas - Estado de Minas Gerais

Rua Junqueiras, 454 - Centro - CEP 37701-033
Geral: (35) 3729-3800
Ramais: consulte
Fax: (35) 3729-3810
Última revisão/atualização 18/06/2015
Desenvolvido por Assessoria TI